O que esperar da comunicação interna para 2022?

12/3/21
BlogMercado

Muitas empresas estão fazendo um balanço de como foi o ano de 2021. Dessa forma, por aqui já estamos de olho no dia a dia dos clientes para identificar algumas pistas do que esperar da comunicação interna para 2022.

DOBRADINHA ENTRE RH E A COMUNICAÇÃO INTERNA 


O tema saúde mental e emocional permanece na pauta. Sendo assim, o momento pede a ampliação do olhar da comunicação para compreensão das emoções. Por isso, na ausência da presença física e do olho no olho é preciso estabelecer conexões verdadeiras. 

Fique de olho – a comunicação interna para 2022 precisa:

  • Criar narrativas mais profundas quando o tema é saúde mental e emocional e promover um espaço de escuta que permita a identificação e compreensão das emoções. É preciso estar atento às condições de trabalho e relações da liderança com suas equipes.
  • Elaborar ações cada vez mais individualizadas. É preciso enxergar o empregado como indivíduo.

FORTALECIMENTO DA PRESENÇA DA LIDERANÇA


No novo contexto em que parte da equipe está presencial, parte remota e alguns optaram pelo híbrido, o trabalho do líder é intensificado. Dessa forma, precisamos que a comunicação de liderança seja cada vez mais humanizada.

A pesquisa Inteligência Emocional e Saúde Mental no Ambiente de Trabalho, realizada pela Robert Ralf  Talent Solutions em parceria com a The School of Life, nos aponta que as 3 habilidades principais que devem ser desenvolvidas pela liderança são: comunicação, apoio (segurança psicológica) e empatia.

Fique de olho – a comunicação interna para 2022 precisa:

  • Capacitar a liderança comunicadora orientando a acolher as emoções e a fragilidade humana. É preciso promover conversas significativas sobre abertura, escuta, diálogo, empatia e confiança. Dessa forma, somente assim teremos um ambiente organizacional com maior segurança psicológica.
  • Apoiar o RH no fortalecimento de uma cultura de feedback. Afinal, é preciso manter os empregados alinhados à cultura da organização e orientados à um mesmo objetivo.

REALIDADE DO DIGITAL X TRABALHO HÍBRIDO


Vivemos uma quebra de paradigmas. Além disso, agora está comprovado que é possível contar com um time de talentos em qualquer lugar do mundo, trabalhando de forma remota. Em paralelo, temos que nos preparar para receber os que estão retornando ao trabalho de forma presencial. E ainda existe um terceiro grupo que mesclará esses dois momentos num modelo de trabalho híbrido. Sendo assim, as adequações para uma comunicação digital que fizemos nos últimos meses permanecerão. Por isso, o desafio agora é promover experiências unindo o físico e o digital.

Fique de olho – a comunicação interna para 2022 precisa:

  • Fortalecer a cultura, relembrando o propósito da empresa e os valores organizacionais. 
  • Apoiar o RH no employee experience, focando no acolhimento do empregado, desde a integração e ao longo de todo o relacionamento. 
  • Implantar novas soluções de comunicação no celular. Afinal, o whatsapp cumpriu o seu papel, mas existem aplicativos específicos para comunicação interna que disponibilizam relatórios e permitem a mensuração. Então, não esqueça de fazer todas as adequações exigidas pela LGPD.

A pandemia trouxe novos desafios para a comunicação com empregados e mudou a maneira como a gente se relaciona. Afinal, sabemos que pessoas são o principal ativo da empresa. Sendo assim, é hora de retomar uma comunicação mais humanizada, com foco no indivíduo como ser integral.

Nós comunicadores, precisamos construir vínculos e ressignificar o trabalho através das narrativas e diálogos. Afinal, você está preparado para isso? Vamos embarcar juntos nessa? Então, fale com a gente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.